Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavras soltas, pensamentos em sintonia

Palavras soltas, pensamentos em sintonia

Os outros

Hoje ouvi uma conversa...Conversa de uma mulher, já com os seus cinquenta e poucos anos de idade, que pedia a opinião às amigas e à filha se parecia mal andar na rua com aquele "velho" de 72 anos (mostrando a fotografia das mais recentes redes sociais). 

Fiquei a pensar...A pensar no quanto as pessoas ainda valorizam o que os outros acham, o que os outros vão dizer, o que outros ficarão a pensar.

Que se fodam os outros! Se viver por eles, não viverei por mim. Se pensar por eles, não pensarei por mim. Se valorizar tudo o que eles opinarem, não me valorizarei a mim. 

A vida vai-se perdendo por pensarem, por agirem, por falarem, por valorizarem tanto a opinião dos outros. 

Será que essa mulher já parou para procurar as respostas dentro dela? Para perceber o que ela quer, o que realmente deseja, o que gosta...Já parou para se valorizar a si mesma antes de valorizar a opinião dos outros? 

O problema reside aí...Perde-se tanto tempo a olhar para os outros que, quando se dão conta, nunca olharam para eles mesmos...Nunca fizeram uma introspecção...Nunca pararam para analisar o dia que se passou, o que correu bem , o que correu mal, o que poderá melhorar.

Pensava eu que o problema dela seria só "os outros". Quando me deparei com o outro problema dessa mulher: "ah mas ele ganha 5000 euros por mês, apesar de já ser reformado". Foda-se. Outra faca que se espetou naquilo que são os meus valores: os bens materiais.

O dinheiro não compra felicidade...não compra amor...não compra cumplicidade, união, solidariedade. ter um maço de notas no bolso, não te enche o coração minha cara. Não te põe um sorriso no rosto (a não ser que seja carregado dessas coisas a que chamam botox), não te põe a veracidade no olhar...

Poderá colocar-te num pedestal de realeza, mas daqueles que se desmorona em dois segundos, sem te dares conta. Poderá pagar-te carros, telemóveis, casas...mas são apenas bens materiais que te vão afogar num oceano profundo de materialismo.

E quando te deres conta, perceberás que perdeste demasiado tempo com os outros, tempo esse que nem essas notas te poderão ajudar a comprar!

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D